Blog Jornal a Notícia - Falando a Verdade

Eudes Sampaio chama vereadores aliados em 2016 de “banda podre”

A forma chula e desrespeitosa como o prefeito Eudes Sampaio (PTB), tratou a maioria dos vereadores da Câmara, durante ato do seu ex-assessor Matias Marinho (PP), ao chamar os vereadores de “banda podre” e defender a eleição de Matias, acende um alerta para os demais candidatos a vereadores.

“Temos que renovar a banda podre da Câmara” disparou Eudes ao defender a eleição de Matias.

Com força tarefa para eleger o tecnólogo em marketing e propaganda e ex-assessor Matias Marinho, Eudes chama de banda podre vereadores que ajudaram a elegê-lo vice-prefeito em 2016 e que após discordar do descaso enfrentado por São José de Ribamar que resultou na renúncia de Luís Fernando, passaram a serem tratados como inimigos por Eudes.

“Quem ele defende hoje, dizendo que é o melhor, chamará de banda podre na primeira oportunidade.  Em 2016 defendia os vereadores que hoje chama de banda podre.” Disse o técnico de enfermagem Wellington.

Os ataques são pesados, revelam uma guerra e apontam para uma relação difícil entre a prefeito e a Câmara.

Além de Eudes, no evento o ex-prefeito Luís Fernando também disparou ataques para os vereadores, entre eles, Moisés Gama, Jota Lindoso e Valdo Coelho. “Não querem o bem da cidade.” Disse LF.

O evento do candidato a vereador, tido como prioridade do prefeito e do ex-prefeito, contou com estrutura gigante, muito diferente da estrutura da maioria dos candidatos, o que revela a atenção especial dispensada.

Já nas ruas, Eudes Sampaio tem mais um problema. Pesquisa da Data Ilha aponta para uma reprovação de sua gestão por 68,2% dos ribamarenses.

maramais

Luís Fernando ataca vereadores aliados de Eudes Sampaio, “não querem o bem da cidade”

No pacote de atacados estão os vereadores Valdo Coelho, Jota Lindoso e Moisés Gama.

Na eminência para tentar eleger o tecnólogo em marketing e propaganda Matias Marinho (PP), o ex-prefeito Luís Fernando acabou atacando, inocentemente ou propositalmente, uma parte dos vereadores da base do atual prefeito Eudes Sampaio (PTB).

Ao defender a eleição do seu “pupilo”, desconhecido da maioria dos ribamarenses, Luís Fernando relembrou sua passagem pela prefeitura e disparou ataques contra os vereadores que reprovaram um projeto de empréstimo que iria endividar o município. “Não querem o bem da cidade. Aqui tem um que quer, Matias Marinho”. Disse o ex-prefeito em reportagem publicada pelo jornalista Gilberto Léda.

Acontece que ao se referir aos vereadores que reprovaram o projeto, Luís Fernando coloca no pacote de ofendidos, os vereadores Jota Lindoso, Valdo Coelho e Moisés Gama, aliados de Eudes que buscam a reeleição e que votaram contra o empréstimo proposto por LF.

Moisés Gama, inclusive, ficou conhecido após confronto com Luís Fernando em ato político que quase terminou em pancadaria.

Aliás, dos nove vereadores que votaram contra o empréstimo e evitaram o endividamento em 2018, quase todos participaram do palanque de Luís Fernando na eleição de 2016, sendo úteis na eleição e desprezados agora por não servirem aos interesses do ex-prefeito.

Nos bastidores, não é segredo para ninguém a força tarefa que existe para tirar da Câmara vereadores que não rezaram na cartilha de Luís Fernando. Para substituí-los, Eudes e Luís tentam direcionar lideranças para ex-assessores e ex-secretários que disputam a eleição para vereador.

Luís Fernando entra em campo e defende perseguição contra Julinho

Quem esteve no evento Escuta Mulher, promovido por Eudes Sampaio (PTB) no último dia 07, viu um lado mais agressivo e nervoso do ex-prefeito Luís Fernando.

Acuado com o resultado da última pesquisa DataIlha que mostra derrota do prefeito Eudes Sampaio, que sofre reprovação da sua gestão por 68,2% dos eleitores ribamarenses, Luís Fernando defendeu a perseguição a Julinho, apontado para vencer as eleições segundo as pesquisas registradas no TRE.

Ao ouvir de uma participante do evento, que Julinho está sendo perseguido, Luís Fernando confirma e diz “tem que ser perseguido mesmo”, e faz acusações graves contra o médico, sem apresentar nenhuma prova.

Distante da política Ribamarense desde que abandonou o município após sofrer forte pressão popular entre 2017 e 2019 e renunciar pela segunda vez, Luís Fernando reapareceu com a missão de atacar Julinho.

O nível do evento foi de tamanha baixaria, que participantes saíram decepcionados.

“Fui para ver o que iam mostrar e sai de lá decepcionada porque passaram a maior parte do tempo falando de Julinho.” Disse uma servidora que foi “convocada” para estar no evento, e pediu para não ser identificado com medo de sofrer perseguição e ser demitida.

Julinho realiza encontro da Juventude no sábado e inauguração do Comitê Central no domingo

O candidato a prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho (PL) e o candidato a vice-prefeito Júnior Lago (Avante), realizam neste sábado (10), a partir das 17hs, grande encontro com A Juventude ribamarense. O ato será coordenado pelo presidente municipal do PL, Julinho Filho.

Com dezenas de propostos voltadas para a Juventude, o encontro mostrará a força do candidato com a categoria que clama por mudanças.

O encontro está programado para acontecer a partir das 17h, no Comitê Central do 22.

No domingo (11), será inaugurado o Comitê Central do 22. Bem localizado, a sede da chapa da vitória ficará na avenida Gonçalves Dias, em frente ao Parque da Cidade.